Último vídeo

Fale com a Mimi

DISCOGRAFIA

Biografia

Nascida no Brasil, Cidadã do Mundo. Das sete línguas que compõem o seu vocabulário sem dúvida a Música é aquela em que Mimi se expressa melhor e com maior fluência. Desde cedo. O primeiro violão chegou aos 8 anos de idade e ainda é o melhor amigo, para todas as horas e lugares.

O álbum de estréia foi gravado aos 22 anos de idade, em 2004; TIMELAND é uma coletânea de pop internacional com releituras de Cranberries, Elton John, Tears for Fear e Brian Adams.

Abriu caminho para o segundo disco que viria cinco anos depois. SIMPLES ASSIM inclui além de Bob Dylan, Violeta Para e Carla Bruni também clássicos da música popular brasileira como Águas de Março, Corcovado e Iolanda. E mesmo nas canções mais conhecidas do público Mimi faz seu estilo e arte prevalecerem, tornando-as subitamente renovadas.

A menina que abraçava o violão se torna efetivamente uma Mulher, Independente, Cantora. E abre mão dos palcos da sua terra para viver um grande amor no Oriente. Constrói família em Shanghai e lança o primeiro disco autoral VIVO PARA ISSO, com canções românticas que viajam num passeio lúdico ao universo das guitarras e seus efeitos envolvidos magicamente pela delicada e sublime voz da Mimi. Canções como Por e AVSA ilustram delicadamente um pedaço dessa linda história de amor.

Depois de cinco anos e dois filhos, novas malas e mudanças embarcaram todas para a Califórnia. Mundo novo, Vida nova, Nova história pra contar.

BATUCANDEIA (2019) é o mais recente álbum da cantora e compositora Mimi e canta o percurso desse coração apaixonado que deixou o Brasil para seguir o grande amor. Um coração expatriado que agora chora a saudade ao mesmo tempo em que comemora a vida aonde ela acontece. A descoberta do mundo novo encontra a solidão e o afastamento das mais profundas raízes. A sonoridade desse disco é um reflexo dessa pluralidade de emoções e sentimentos que viveu Mimi nos últimos anos longe do Brasil.

Sentimentos traduzidos pelos ritmos brasileiros e as percussões de Marco Bosco que nostalgicamente encontram os teclados e as programações de Paulo Calasans. Produzido no estúdio Valetes Records no Brasil e masterizado pela Classic Master, com participações especiais do ator, cantor e compositor Gabriel Sater e do ícone da música moderna brasileira Zeca Baleiro.

Mais mudanças e novas histórias continuam brilhando com o nascer de cada dia. Agora é tempo de desfrutar o momento presente, o próprio Agora. E continuar transformando cada vivência em uma nova melodia. Sempre. E com amor.